Cursos

Operação Fake Money: Receita Federal desarticula organização criminosa especializada em fraude na “quitação” de tributos federais com créditos podres

Operação Fake Money: Receita Federal desarticula organização criminosa especializada em fraude na “quitação” de tributos federais com créditos podres


 

A Receita Federal deflagrou hoje (28/9), em conjunto com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, a operação “Fake Money” para desarticular organização criminosa especializada em cessão de supostos créditos com o objetivo de simular “quitação” ou “compensação” de tributos federais. A Receita Federal estima que os prejuízos causados à arrecadação alcancem os R$ 5 bilhões.

Estão sendo cumpridos 17 Mandados de Prisão Preventiva e 34 Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de São José do Rio Preto (SP), Ribeirão Preto (SP), São Paulo (SP), Araraquara (SP), Piracicaba (SP), Barueri (SP), Osasco (SP), Descalvado (SP), Itapecerica da Serra (SP), Mirassolândia (SP), Curitiba (PR) e Uberlândia (MG). A operação contou a com a participação de 83 servidores da Receita Federal, sendo 74 auditores-fiscais.

Nome da operação

O nome da operação faz alusão aos imprestáveis e falsos créditos negociados para tentativa de pagamento de tributos. Assim, tomando emprestado o moderno termo FAKE NEWS, relacionado à notícias falsas, adotou-se o termo FAKE MONEY para esses falsos pagamentos.

Imprensa

Maiores detalhes serão oferecidos em coletiva que será realizada às 10h na sede da Delegacia da Receita Federal em Ribeirão Preto, localizada na Av Francisco Junqueira, 2625, Ribeirão Preto SP

Para mais informações  e orientações  clique aqui.

RFB